Pendente

O facto de tudo ter ficado por aqui deve-se a algo estranho.
Nunca soubemos explicar o que realmente queríamos mas a verdade é que nos sentíamos bem um com o outro. Tudo se iniciou de um forma simples mas invulgar, tudo foi crescendo, como cada palavra, como cada gesto, como cada momento.
Me parecia sinistro mas ao mesmo tempo me fazias sorrir, tipo um porto de abrigo, lá fora estavam os problemas e dificuldades mas junto de ti tudo parecia simples e eficaz, a noite ficava mais clara com o brilho do teu sorriso.
Eu não controlo o meu coração, a vida é como um jogo, que teremos que saber jogar para ganhar e confesso que não soube jogar e perdi, decidi ficar por aqui.
São coisas que acontecem, nós temos alguém e por vezes as coisas vão-se processando rápido demais, que não conseguimos ter controlo sobre nossos sentimentos e há uma serie de factores que faz com que as coisas deixem de funcionar, os nossos medos falam mais alto e por isso acabei por tomar o meu caminho.
Sei que isto de certa forma ira parecer estranho e confuso, mas eu sou compulsiva, e não ajo da melhor maneira. Afasto-me sem quais quer justificações e acabo por encontrar segurança no que sei que é ilusão, mas que esta ali e não me irá dar a negação.

Mensagens populares deste blogue

Permanência do Silêncio