Seria como descrever os tipos de cores a um cego, seria como contar ao mar as estrelas que existem no céu, é inexplicável. O nosso amor tem todo o tipo de sentimentos, tem todas as cores que ate parece natural, tem esta especial tranquilidade que transmite o sossego ao coração. Não te quero em qualquer parte do mundo, não quero ter saudades, não, não as quero sentir, não quero ficar apenas com a almofada a relembrar os momentos mais bonitos que passamos juntos, não quero lembrar o teu sorriso, não te quero te ver partir e ouvir-te dizer “ate amanha”, não quero um passado, um futuro, não quero um “amo-te” de despedida. Quero um ”amo-te” de chegada, quero que tudo seja o agora, quero ver o teu sorriso a todos os instantes, quero cuidar de ti, ouvir-te e não sentir saudades. Quero que tudo seja o presente, quero viver todo este mundo virado do avesso. O coração fica apertado quando o teu sorriso foge dos meus olhos, os meus motivos enfraquecem quando estas longe. O meu lugar é junto de ti, tu sempre foste maior do que qualquer outra coisa na minha vida. Eu só queria dizer que quando me chamares eu sempre vou estar, no fundo do teu coração, no brilho dos teus olhos e até nas grandes tempestades mais frias. Eu quero estar tão presente em ti como tu estás em mim.

Mensagens populares deste blogue