Tempo




Roubo-te vários segundos no meio de um abraço e depois perdes os minutos a programar o que já está programado. Tu sabes ao certo as palavras que terás que revelar, eu sou o teu futuro, o teu presente e o teu passado. Sou o inicio, sou o fim e cada segundo vale a pena posso fazer passar vinte anos como se fossem só vinte dias. Eu estou no teu pulso, numa parede, sou ponteiro e o teu tempo vai passando… Sabes o que eu preciso de ouvir de ti, este pouco não chega mas despacha-te porque o tempo esta a contar e o calendário está a voar!

Mensagens populares deste blogue

Permanência do Silêncio