Esquecer o mundo lá fora e ficar perdida em pensamentos, ultimamente tem sido a minha única solução. Parece que os dias já não são os mesmos, uma rotina desgastante que se tem tornado. Uma vontade absurda e incontrolável de gritar, chorar, fugir e me refugiar onde ninguém me possa encontrar. Preciso tanto de um aconchego como de repente não preciso, ou talvez um abraço, um carinho, ou talvez não? Porquê meu Deus, porquê? Eu suporto enumeras coisas, saio de casa com um enorme sorriso até, não entendo… Os meus olhos estão cansados, o meu coração com uma enorme revolta da vida, os pensamentos viajam a milhas e milhas distância daqui. Mesmo me encontrando no meio da multidão, é como se estivesse sozinha, alias, sinto-me como tal. Peço uma caixinha de força, uma pequenina, já aconchega. Quero voltar a ser uma criança inocente e que sorri a toda hora, preciso de ir para um lugar de felicidade, um lugar de amor e de sonhos, apenas isso.

Mensagens populares deste blogue

Permanência do Silêncio