Eu sei que o amor causa danos irreparáveis e irreversíveis que deixam magoas para toda a vida, mas que não devemos de privar de amar novamente, o que certamente não vai impedir que isso passe ou se resolva. Também sei que não podemos ficar nessa de acreditar que todos os amores futuros, podem dar errado, mas o que me deixa questionável é o facto de não te entender.
Mesmo assim desculpa se sou sempre eu a falar contigo, se quando me demoras a responder e fico a murmurar, se digo coisas que não estão de acordo com a tua opinião, se eu fico chateada por nada. Desculpa se eu penso demais em ti e mostro completamente o contrario, pois, apesar de todos os medos, apesar de ter lutado contra a maré para não cair, eu me apeguei demais a ti e eu gosto de ti.

Mensagens populares deste blogue