Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2011

Amor Falso

Imagem
Constantemente me lembro de ti, me preocupo contigo e não sei porquê. Saio do meu mundo na esperança de encontrar o teu, de ouvir as tuas palavras, mas isto não é o mais correcto. Isto esta errado, tu dizes que gostas de mim mas nem esse facto serve para que tu mudes, as mentiras vão, voltam, dou um passo em frente num momento de estar em paz contigo, mas em seguida dou dois passos atrás quando algo quebra. Tu dizes-me palavras sem fundamento sem primeiro me ouvires, o teu olhar se perde sem primeiro olhares para mim, o tempo passa por entre os teus dedos e tu nada fazes. Eu tenho tanto para te dizer, tanto para te contar, mas focas-te em coisas sem importância e fica o tempo perdido. Preciso de te dizer que cresci, que já não sou aquela menina que conheces-te, preciso de te dizer o quanto perdes-te, preciso de te perguntar porque não estives-te comigo, porque desistis-te de mim? Quando me perguntas se me lembro de ti, eu direi que não no modo de me defender, porque o ser humano é mes…
Imagem
O choro de uma criança é algo inconfundível, mas o sorriso… é inesquecível!

Imagem
Tu amas-me?
Claro que sim!
Prova-me e grita bem alto para o mundo todo ouvir.
Ele aproxima-se ao ouvido dela e diz: AMO-TE!
Porque que disses-te ao meu ouvido? Porque tu, simplesmente, és o meu mundo.

Impulso do Medo

Imagem
Corro na esperança de encontrar a minha felicidade no espaço de não deixar qualquer rasto. Preciso de vaguear por esta rua e sentir a chuva, desejar que tudo seja perfeito mas de repente paro com medo de cair, de não conseguir, de ver partir o que me descansa, ter o que não me dá paz. Para quê enganar? Aqui não faz sentido estar, não estou em segurança. Faço para manter comigo o que me dá alegria, para eu acreditar que possa existir o bem mas depois caio na tentação de argumentar que tudo pode ser mentira, que estou a andar sem destino e que nada disto é correcto. Sei que deus me quer por á prova, mas tenho medo de lhe desiludir, não sei se tenho que pensar em mim ou se preciso de tempo, tenho uma folha em branco e não sei o que preencher. Sento-me num banco abandonado e tenho o impulso de fazer perguntas mas o medo que sinto faz-me tapar os ouvidos. Sinto-me insegura, é como se eu estivesse no cimo de uma montanha em que olho para todos os cantos e não sei que caminho seguir, sinto q…