Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2011
Dou mil voltas, as nuvens correm, o vento sopra, a lua esta parada e a noite está fria. As estrelas olham por mim, o mar me aquece a alma mas as minhas lágrimas caem, quero falar e não consigo, tu não sais da minha cabeça, me tiraste o sono e o meu coração quer adormecer. Mas como? Não existe resposta para isto.


Dois anos depois...

Imagem
Nunca iremos saber bem de como tudo começou, de porquê ter começado e porquê de termos sido nós. De uma certa forma, não importa… È engraçado que já passaram dois anos e lembro-me de tudo como se fosse ontem, lembras-te de quando nos casamos pela Igreja? Foi preciso irmos ate Campo Maior, no Alentejo para oficializarmos a nossa amizade e juramos que aos cinco anos de casadas nós voltaríamos lá. Ao longo deste nosso casamento já me pedis-te o divórcio imensas vezes, mas eu já te disse que não te dou o divórcio :) Lembras-te porque nos juntamos? Visto bem as coisas, nós não nos unimos pelas melhores razões, a nossa vida estava a dar uma volta de 180 graus e não estávamos a saber lidar com essa volta, não encontrávamos respostas para o que estava acontecer e foi então que nos apoiamos uma na outra, não sabíamos o que iria sair dali mas o que é certo é que fomos o “pilar” uma da outra. Choramos, sorrimos, gritamos e dissemos “de mãos dá das nós iremos conseguir” e conseguimos! Não lamento …

Velocidade do coração

Passo por ali, olho e recordo tudo o que vivemos, não sei se será fanatismo mas é incrível que foram poucos momentos mas únicos, quando o teu olhar se fixava no meu… Quando me davas a mão, como quando o meu batimento cardíaco acelerava á medida que me beijavas intensamente, como quando cantavas ao meu ouvido… Na minha cabeça e á minha velocidade, tive que acabar com estas recordações! Tive que seguir o meu trajecto. O meu coração grita para ficar, mas a minha mente se impõem para seguir. Cai na tentação de voltar aquele lugar, algo me empurrava naquela direcção e fui. Estava frio mas ao mesmo tempo a noite me quis dizer algo que eu não estivesse a entender, quis-me dar respostas e não desisti. Eu aproximei-me e sentei-me naquele lugar, olhei e respirei fundo. Me perguntei: “que estou eu a fazer?”. Olhei para o lado e um vazio se instalou-se no meu coração, tu não estavas lá. Cai em mim e descobri, que mais uma vez errei. Tudo poderia resultar se não fosse as minhas inseguranças, os meus m…

Pendente

Imagem
O facto de tudo ter ficado por aqui deve-se a algo estranho. Nunca soubemos explicar o que realmente queríamos mas a verdade é que nos sentíamos bem um com o outro. Tudo se iniciou de um forma simples mas invulgar, tudo foi crescendo, como cada palavra, como cada gesto, como cada momento. Me parecia sinistro mas ao mesmo tempo me fazias sorrir, tipo um porto de abrigo, lá fora estavam os problemas e dificuldades mas junto de ti tudo parecia simples e eficaz, a noite ficava mais clara com o brilho do teu sorriso. Eu não controlo o meu coração, a vida é como um jogo, que teremos que saber jogar para ganhar e confesso que não soube jogar e perdi, decidi ficar por aqui. São coisas que acontecem, nós temos alguém e por vezes as coisas vão-se processando rápido demais, que não conseguimos ter controlo sobre nossos sentimentos e há uma serie de factores que faz com que as coisas deixem de funcionar, os nossos medos falam mais alto e por isso acabei por tomar o meu caminho. Sei que isto de certa f…